criar um site no criar um site

Nossa História

Inicio do Sonho

Em 1993, as Igrejas de Cristo reuniram-se para criar um abrigo para crianças abandonadas e em situação de risco, sendo a diretoria eleita, tendo como presidente Mauro Estevão que veio a falecer e Brasilina, responsável pela área educacional, mudou de Belo Horizonte. Com isso, nessa época, não obtiveram um terreno junto ao município e o projeto paralisou-se. Em 1995, as igrejas procuraram o Lar Cristão de Tenessee – USA para ajudar a instituir o abrigo em Belo Horizonte, mas, na época, não possuíam condições para a essa iniciativa. Em 1998, a Prefeitura de Belo Horizonte começou a buscar soluções para as necessidades que cada vez mais cresciam. Então, em parceria com igrejas, ONGs, associações e instituições, as condições sociais das crianças começaram a melhorar, mas não haviam lugares onde as crianças pudessem ser acolhidas. Em 2006, a diretoria do Lar Cristão de Tennessee – USA, informou que teriam condições de enviar uma doação no valor de um terreno e da construção de uma casa e que a partir disso, buscassem os próprios recursos para esse ministério.

Realização do Sonho - Começo -

Em 2007, foi comprado um sítio no bairro Braúnas e em janeiro de 2008, a casa situada nesse sítio foi reformada. No dia 29 de abril daquele mesmo ano, foi fundado juridicamente o Abrigo Lar Cristão de Belo Horizonte, onde André Luis Dias assumiu a presidência. No mês de outubro daquele mesmo ano, teve início a construção da primeira das quatro casas preparadas para abrigar 15 crianças de 0 a 6 anos e 11 meses de idade, encaminhadas pelos Conselhos Tutelares, Juizado da Infância e da Juventude e Promotoria da Infância e Juventude

O Sonho Não Parou

O abrigo Lar Cristão de Belo Horizonte iniciou suas atividades em outubro de 2009, sendo a primeira unidade, a Casa Gênesis; em outubro de 2011, ampliou sua capacidade de atendimento para 30 crianças com a inauguração da segunda unidade denominada Casa Emanuel, também localizada no bairro Braúnas. Em março de 2013, foi inaugurada a terceira unidade, sendo chamada Casa Hosana.